EMS Taubaté Funvic - CAMPEÃO DO BRASIL

BRASIL VENCE A POLÔNIA E CONQUISTA INÉDITO TÍTULO DA LIGA DAS NAÇÕES MASCULINA

Leia Mais

LÍBERO THALES É CONVOCADO PARA OS JOGOS OLÍMPICOS DE TÓQUIO

Leia Mais

NOTA OFICIAL: Saída dos atletas Rapha e João Rafael

O Vôlei Taubaté FUNVIC informa que os atletas Rapha (levantador) e João Rafael (ponteiro) encerraram seus vínculos e não fazem mais parte do elenco do clube para a temporada 2021/2022. Ambos receberam propostas para atuar no voleibol do exterior.

O levantador Rapha encerra uma histórica e vitoriosa passagem por Taubaté com 7 temporadas defendendo a equipe taubateana, estando presente em todos os 14 títulos conquistados pelo clube.

Vestindo a camisa 7 e sendo o capitão do Vôlei Taubaté por todos esses anos, Rapha conquistou seis títulos de Campeonato Paulista (2014, 2015, 2016, 2017, 2018, e 2019), uma Copa Paulista (2015), duas Copa Brasil (2015 e 2017), um Torneio Super Vôlei (2020), duas Supercopa (2019 e 2020) e duas Superligas (2018/2019 e 2020/2021).

O ponteiro João Rafael atuou pelo Vôlei Taubaté FUNVIC na temporada 2020/2021, e foi um dos nomes de destaque nas conquistas do torneio Super Vôlei 2020, da Supercopa 2020 e da Superliga Masculina 2020/2021.

O Vôlei Taubaté FUNVIC agradece a ambos pela completa dedicação com que vestiram a camisa do clube, sendo exemplos dentro e fora de quadra de profissionalismo e respeito pela história e importância da equipe no cenário do voleibol brasileiro e internacional.

Desejamos sucesso na sequência de suas respectivas carreiras, deixando o sincero agradecimento em nome dos torcedores e de toda a comunidade do voleibol taubateano por terem contribuído de forma significativa para edificar a modalidade em nossa cidade.

+ Leia Mais

LÍBERO THALES É CONVOCADO PARA OS JOGOS OLÍMPICOS DE TÓQUIO

Após ótima atuação na Liga das Nações, líbero do EMS Taubaté Funvic foi confirmado entre os 12 escolhidos pelo técnico Renan Dal Zotto e pela primeira vez defenderá o Brasil nos Jogos Olímpicos

O técnico da seleção brasileira masculina de vôlei, Renan Dal Zotto, anunciou oficialmente esta semana a lista dos 12 jogadores que irão representar o país nos Jogos Olímpicos de Tóquio, daqui a menos de um mês. Entre eles, o representante do EMS Taubaté Funvic em terras japonesas será o líbero Thales Hoss.

A divulgação saiu logo após a conquista do inédito título da Liga das Nações no último domingo (27), em Rimini, na Itália. O Brasil venceu a Polônia por 3 sets a 1, e foi campeão pela primeira vez da competição que substituiu a antiga Liga Mundial.

Thales, além de ajudar o Brasil a chegar ao inédito título, também foi eleito o melhor líbero da Liga das Nações, entrando para a seleção do torneio. Sobre a conquista da Liga das Nações, o atleta comentou:

“O sentimento é de muita felicidade com essa conquista, e também ter sido premiado individualmente como melhor líbero da competição. O título da VNL foi muito importante, ficamos tanto tempo longe de casa e de nossas famílias, fechados na “bolha” na Itália, e conseguimos alcançar o objetivo máximo. A VNL estava engasgada para mim desde 2017, quando perdemos para a França. Então, finalmente ter conquistado o torneio foi uma realização muito legal com a Seleção.”, disse Thales.

Um dia após levantar o troféu com a Seleção Brasileira, o líbero taubateano recebeu a confirmação de que estava entre os 12 convocados pelo técnico Renan Dal Zotto para os Jogos Olímpicos. Muito feliz e pronto para sua primeira Olimpíada da carreira, Thales comentou:

“Estar nos Jogos Olímpicos é a meta de todo atleta, o torneio que todo jogador quer disputar, e comigo não é diferente. Estou muito feliz e confiante, porque a Liga das Nações foi parte desse caminho construído para estar nas Olimpíadas. Agora com a convocação confirmada, é manter o foco, seguir treinando bem e acertar os detalhes para conseguirmos chegar ao ouro. O sentimento é de alegria, mas estou consciente de que será uma nova e dura jornada para conseguirmos chegar à final Olímpica e defender o atual título do Brasil.”, disse.

De volta ao Brasil, o atleta aproveitou os poucos dias de folga para matar as saudades da esposa e dos filhos, e fez questão de deixar um recado muito especial:

“Quero deixar um agradecimento especial para minha esposa, Gabriela, porque sem a ajuda dela eu não conseguiria estar desempenhando esse nível de voleibol. O suporte dela, sofrendo com a distância e cuidando dos nossos dois filhos sozinha, é fundamental para que eu tenha conseguido essas conquistas e a sonhada convocação para as Olimpíadas. Para nós, que somos pais, ficar esse tempo longe de casa e dos filhos é muito duro, as crianças sentem falta, perguntam por mim para a mãe, então é difícil. Ela foi sensacional, conversou comigo sempre ao longo das semanas que estávamos concentrados em Rimini, me dando força, e acima de tudo, cuidando das crianças e de tudo aqui em Taubaté.”, completou.

A lista dos 12 atletas olímpicos terá muitos nomes conhecidos do torcedor taubateano. Além do líbero Thales, que defende atualmente o EMS Taubaté Funvic, Renan convocou também o levantador Bruno Rezende, os centrais Lucão e Maurício Souza e os ponteiros Maurício Borges e Douglas Souza, todos defenderam a camisa do Taubaté na última temporada, e ajudaram o clube a conquistar o bicampeonato da Superliga Masculina de Vôlei.

A lista Olímpica se completa com os opostos Wallace (também com passagem pelo EMS Taubaté Funvic) e Alan, o central Isac, os ponteiros Lucarelli (ex-Taubaté) e Leal, e o levantador Fernando Cachopa.

Desta lista, Bruno Rezende, Lucão, Maurício Souza, Maurício Borges, Douglas Souza e Lucarelli estavam na conquista dos Jogos Rio 2016, e buscarão sua segunda medalha de Ouro em solo japonês.

A abertura dos Jogos Olímpicos de Tóquio acontece no dia 23 de julho. As disputas do voleibol masculino serão de 24 de julho até 07 de agosto, quando acontece a grande final. Os jogos do voleibol nas Olimpíadas de Tóquio serão todos disputados na Ariake Arena.

+ Leia Mais

BRASIL VENCE A POLÔNIA E CONQUISTA INÉDITO TÍTULO DA LIGA DAS NAÇÕES MASCULINA

A seleção brasileira masculina de vôlei é campeã da Liga das Nações. Neste domingo (27.06), o Brasil venceu, de virada, a Polônia na decisão por 3 sets a 1 (22/25, 25/23, 25/16 e 25/14), em Rimini, na Itália. O título coroou uma grande campanha do time verde e amarelo, dono da melhor performance, com 15 vitórias e duas derrotas. Foi o primeiro título dos brasileiros na competição.

O oposto Wallace brilhou na decisão e foi o maior pontuador da final, com 22 pontos. O atacante ainda foi eleito o melhor jogador da Liga das Nações e ficou com o prêmio de melhor oposto. 

Além de Wallace, outros três brasileiros entraram na seleção da Liga das Nações. O central Maurício Souza, o ponteiro Leal e o líbero Thales, do EMS Taubaté Funvic, foram eleitos os melhores das suas respectivas posições.

O treinador Renan Dal Zotto, que já comandou o Taubaté, fez uma análise da participação do Brasil na competição. \"Foi extremamente merecido. O Brasil fez uma campanha brilhante e sempre deixamos muito claro que era um processo de crescimento, que essa competição faz parte de um processo, mas esse título foi muito importante porque passamos grandes provações, principalmente na semifinal e na final, contra duas grandes seleções, e serviu para encorpar o time, dar cada vez mais maturidade. Estamos muito felizes, mas quinta-feira recomeçamos com o pé no chão, visando o grande objetivo, que são os Jogos de Tóquio\", finalizou Renan.

O EMS Taubaté Funvic teve ainda os atletas João Rafael (ponteiro) e Felipe Roque (oposto), compondo o elenco brasileiro que faturou a Liga das Nações. O clube também teve representantes na comissão técnica da Seleção, com o preparador físico Renato Bacchi, o auxiliar Giuliano Ribas e o massoterapeuta Kleeva Albuquerque. O auxiliar Maurício Thomas também teve participação no período de treinos antes do embarque para a Itália.

Parabéns aos atletas e integrantes da comissão técnica. O EMS Taubaté Funvic celebra a conquista do Brasil e tem orgulho de ver nossos profissionais levando o voleibol brasileiro ao lugar de maior destaque mundial.

+ Leia Mais




EAFI SEDES

A formação de equipes de base dos times profissionais da cidade, e a integração entre famílias, comunidade e escola.

O programa Escola de Atleta e Formação Integral (EAFI), foi instituído em 2014 pelo poder público municipal de Taubaté, e atende atualmente 250 alunos do 5º ao 9º ano do ensino fundamental e do 1º ano do ensino médio, ofertando em período integral (turno e contraturno escolar) conhecimento técnico e prático sobre diversas modalidades esportivas, aliado ao bom desempenho escolar.



PATROCINADORES MASTER
PATROCINADORES
Apoiadores
Plano de Saúde Oficial
Fornecedor de Uniforme Oficial