EMS Taubaté Funvic - Pentacampeão Paulista - Bicampeão Copa do Brasil

NOTÍCIAS

19 de dezembro de 2018
EMS Taubaté Funvic perde para o Vôlei UM Itapetininga pela Superliga Cimed Masculina de Vôlei

Em jogo isolado nesta quarta-feira, 19/12, a EMS Taubaté Funvic foi derrotada pelo Vôlei UM Itapetininga (SP) por 3 sets a 1 (parciais de 25x22, 21x25, 21x25 e 19x25). O jogo, realizado no Ginásio Ayrton Senna, em Itapetininga (SP), foi válido pela 6ª rodada da Superliga Cimed Masculina de Vôlei 2018/19.

Com a derrota, a EMS Taubaté Funvic permanece com 20 pontos, e se mantém na 4ª posição da Superliga Cimed. A campanha taubateana até aqui, após 10 jogos, é de 7 vitórias e 3 derrotas.

O jogo
O técnico Daniel Castellani colocou em quadra a formação inicial com Rapha, Facundo Conte, Douglas Souza, Lucão, Robinho, Vissotto e Thales como líbero.

O primeiro set começou bastante equilibrado, com a EMS Taubaté Funvic apostando no saque forçado, dificultando muito a recepção do Itapetininga. Bom boas passagens de Conte e Lucão no saque, logo os taubateanos conseguiram abrir boa vantagem, e impondo um volume de jogo melhor fecharam o primeiro set em 25 a 22, em 27 minutos.

O segundo set começou bem disputado, mas com a EMS Taubaté Funvic melhor em quadra, sacando bem e com ótimo aproveitamento nas bolas de contra-ataque. Com ótima atuação também do bloqueio e aproveitando ótimas passagens de Facundo Conte no saque, o time taubateano chegou a ter boa vantagem no placar, mas o set teria uma reviravolta. Na reta final do período, o Vôlei UM Itapetininga encaixou uma ótima sequência de saques e conseguiu a reação, impondo uma virada e vencendo o set por 25 a 21, em 25 minutos.

O terceiro set começou como terminou o segundo, com o Vôlei UM Itapetininga embalado e forçando bastante o saque. Com maior concentração, o time da casa conseguiu abrir 5 pontos de vantagem. O técnico Daniel Castellani promoveu novas mudanças na equipe, colocando o ponteiro Lucarelli em quadra. O time reagiu bem e conseguiu se encontrar, encostando no marcador. O Vôlei UM Itapetininga continuou forçando o saque e, contando com maior número de erros dos taubateanos, venceram por 25 a 21, em 29 minutos, virando a partida.

O quarto set repetiu o ritmo de jogo do período anterior, com o saque do Itapetininga entrando bem, e o setor de defesa também sendo bastante efetivo. O Taubaté sofreu com a recepção, cometendo muitos erros, e não conseguiu impor seu jogo. O Vôlei UM Itapetininga venceu por 25 a 19, fechando a partida em 3 sets a 1, em 2h de jogo.

O maior pontuador da EMS Taubaté Funvic foi Douglas Souza, com 18 pontos anotados. O ponteiro comentou a derrota ao final da partida: “Acho que hoje o que mais faltou foi nós nos impormos em quadra, comandarmos o jogo. Em muitos momentos deixamos o Itapetininga ditar o ritmo e isso é ruim. Essa sequência de jogos fora de casa tem sido bem cansativa sim, as viagens são desgastantes, mas não tem remédio. É descansar e focar já no jogo de sábado em Maringá, pois será uma nova pedreira”, disse.

O melhor jogador em quadra, premiado com o Troféu Viva Vôlei foi Rodriguinho do Vôlei UM Itapetininga.

Próximo jogo: A EMS Taubaté Funvic volta à quadra pela Superliga Cimed Masculina de Vôlei no próximo sábado, 22/12, às 18h30 contra o Copel Telecom Maringá (PR), fora de casa. Este jogo encerra o primeiro turno da primeira fase. O campeonato fará uma breve parada para as festas de fim de ano, e volta em janeiro, a partir do dia 11/01.

Créditos/Fotos: Rafinha Oliveira | EMS Taubaté Funvic

PATROCINADORES MASTER
PATROCINADORES
MRV
INCENTIVADOS
Apoiadores
Plano de Saúde Oficial
Fornecedor de Uniforme Oficial