EMS Taubaté Funvic - CAMPEÃO DO BRASIL

NOTÍCIAS

11 de maio de 2020
ESPECIAL: Lucarelli relembra momentos especiais da conquista da Superliga 2018/2019

Há exatamente um ano, ponteiro ajudava o EMS Taubaté Funvic a chegar ao inédito título nacional após uma emocionante vitória no 5º jogo da série final contra o SESI

O dia 11 de maio de 2019 ficará marcado eternamente na história esportiva do município de Taubaté (SP) e também nos arquivos do voleibol brasileiro. Há exatamente um ano era disputada em Suzano (SP) o quinto e último jogo das finais da Superliga masculina de vôlei da temporada 2018/2019. O EMS Taubaté Funvic venceria a partida por 3 sets a 1, e conquistava assim sua primeira Superliga da história.

Em quadra, o camisa 8 Lucarelli completava sua quarta temporada defendendo a camisa taubateana ajudando a equipe a chegar ao título que entrou para a história. Lucarelli celebrava também uma conquista pessoal já que para ele a conquista da Superliga era também inédita.

Em 2020, o ponteiro completou sua quinta temporada defendendo o EMS Taubaté Funvic, e agora está de malas prontas para uma nova fase em sua carreira, atuando fora do país a partir da próxima temporada.

Como parte da despedida da torcida taubateana, concedeu uma entrevista onde destacou o que mais marcou para ele na emocionante série final da Superliga 2018/2019, culminando com a taça de campeão nacional.

Lucarelli destaca que após uma primeira fase boa, mesmo com altos e baixos, o Taubaté chegou forte para os playoffs, mas consciente de que não teria vida fácil: “Desde as quartas de final o clima na nossa equipe era de entrar em quadra com intensidade máxima, porque todos os adversários que viriam a nos enfrentar eram difíceis e era preciso essa postura. Assim foi contra o Vôlei Renata nas quartas de final, depois Sada Cruzeiro nas semis e o SESI na final.”.

O ponteiro não esconde que a avassaladora série vencida em três jogos a zero contra o Sada Cruzeiro nas semifinais, surpreendeu até ele próprio: “Contra o Sada Cruzeiro foram três jogos bem duros. Eles tinham terminado a fase classificatória em primeiro e feito jogos difíceis contra nós, então nas semifinais nós tínhamos que superar coisas do passado e jogar nosso melhor para passar por eles. O saldo de três jogos a zero para nós surpreendeu mesmo, mas nós queríamos era passar dessa forma, então a alegria em fechar a série semifinal da maneira mais rápida nos deu muita confiança”, lembra.

As finais e a emoção do título inédito
Depois de passar pelos mineiros do Sada, a série final, que foi disputada em melhor de cinco jogos, começou com vitória do SESI em São Paulo, por 3 sets a 0. No segundo jogo, disputado no Abaeté, o EMS Taubaté Funvic devolveu o resultado e venceu por 3 a 0.

A partir do terceiro jogo, as partidas foram disputadas na Arena Suzano, na Grande São Paulo. No jogo 3, vitória do Taubaté por emocionantes 3 sets a 2.

No quarto jogo, o EMS Taubaté Funvic entrou em quadra com a vantagem de 2 a 1 na série e a possibilidade de ser campeão se vencesse. “Naquele dia nós tínhamos o mando de quadra e a maioria esmagadora da torcida era nossa. Nós tínhamos a chance de ser campeões e era momento que nós estávamos muito confiantes. A gente sabia que a partida seria muito difícil, e por detalhes a vitória não veio. Mas me recordo que, apesar da derrota por 3 a 1, a nossa confiança não foi abalada e sentimos que o título seria nosso”, recorda Lucarelli.

Veio então o quinto jogo no dia 11 de maio de 2019. Arena Suzano lotada – o mando era do SESI e a maioria da torcida era para a equipe da capital paulista. O EMS Taubaté Funvic voltou a repetir uma grande atuação e numa noite inspirada do oposto Vissotto – maior pontuador da partida com 19 bolas anotadas – a vitória por 3 sets a 1 fechou uma temporada de muito esforço e entrega em busca do título.

Para Lucarelli, o momento mágico de celebrar uma conquista tão importante dentro do voleibol mundial, foi inesquecível por várias razões. “A temporada 2018/2019 para mim foi muito boa. Depois da lesão no tendão calcâneo que me tirou por praticamente oito meses das quadras, eu tive um bom tempo para me recuperar, refletir muito, e também fazer um trabalho de fortalecimento e pré-temporada muito boa, coisa que eu nunca tinha feito da forma que consegui fazer. Ser premiado como como campeão e também como MVP (melhor jogador) da competição, coroou uma temporada muito especial para mim, e corou o trabalho da equipe médica e de fisioterapia do clube, que tanto fez por mim para que eu pudesse voltar a jogar em alto nível. Sou muito grato a todos que me ajudaram”, destaca o ponteiro.

Após a última bola que decretou a vitória taubateana e o título inédito, que veio justamente das mãos de Lucarelli, o atleta relembra que a alegria e a sensação de dever cumprido se misturavam à euforia que a torcida proporcionou naquela noite em Suzano. “A torcida foi incrível em todos os jogos, e em todas as partidas das finais, independente se o mando era nosso ou não. No quinto jogo, em que nossa torcida era minoria, eles fizeram muito barulho e em muitos momentos se sobressaíram à torcida do SESI. A galera foi muito especial nos jogos das finais”, recorda.

Fazendo um balanço de quais fatores foram primordiais na vitoriosa campanha de 2018/2019 que levou o EMS Taubaté Funvic ao título nacional, Lucarelli destaca que o elenco pesou na hora decisiva. “Nossa equipe foi montada pensando em buscar todos os títulos, e isso aconteceu. O time que vinha sendo titular era muito bom e os atletas que entravam ao longo do jogo eram também de alto nível, mantendo o bom volume, então era uma equipe muito boa e com peças no banco que funcionaram muito bem na hora decisiva.”, finaliza.

O EMS Taubaté Funvic terminou a Superliga masculina 2018/2019 como Campeão, e registrou uma campanha geral de 33 jogos disputados, sendo 25 vitórias e apenas 8 derrotas.

Lucarelli se despede do EMS Taubaté Funvic com um retrospecto de conquistas de dar inveja a qualquer um: em cinco temporadas disputadas foram cinco títulos do Campeonato Paulista (2015/2016/2017/2018/2019, uma Copa Brasil (2017), uma Supercopa (2019) e uma Superliga (2018/2019).

PATROCINADORES MASTER
PATROCINADORES
MRV
INCENTIVADOS
Apoiadores
Plano de Saúde Oficial
Fornecedor de Uniforme Oficial